Morashá

ARQUEOLOGIA

A antiga Shiló, Morada do Tabernáculo

A antiga Shiló, Morada do Tabernáculo

Mencionada inúmeras vezes na Torá e nos Salmos, encrustada nas Montanhas da Judeia, a antiga cidade de Shiló, hoje chamada de Tel Shiló, abrigou por 369 anos o Mishkan, o Tabernáculo, tornando-se o epicentro da vida religiosa da antiga Israel durante a era dos Juízes, que precedeu a formação do Reino de Israel. Em fevereiro de 2012, Israel declarou Tel Shiló patrimônio arqueológico.

Edição 102 - Dezembro de 2018

PERSONALIDADES

Claude Lanzmann

Claude Lanzmann

Claude Lanzmann, cineasta francês, intelectual e jornalista, mais conhecido internacionalmente por seu documentário “Shoah” sobre o Holocausto, faleceu em 5 de julho de 2018, aos 92 anos. Judeu secular e sionista apaixonado, Lanzmann sempre esteve na linha de frente em defesa de Israel.

Edição 102 - Dezembro de 2018

ISRAEL HOJE

Guerra  cibernética: uma ameaça à segurança

Guerra cibernética: uma ameaça à segurança

O combate ao ciberterrorismo está no topo da lista de prioridades do governo israelense. Hoje, além dos ataques às suas fronteiras por seus vizinhos inimigos ao Norte e ao Sul, Israel enfrenta atualmente uma ameaça invisível: ataques de hackers aos seus sistemas de computação, que podem colocar em risco a infraestrutura civil e militar do país.

Edição 102 - Dezembro de 2018

VOCÊ SABIA?

Como foi que o patriarca Issac conheceu sua esposa, Rebecca?

Abraão, o primeiro patriarca do povo judeu, enviou seu servo, Eliezer, à Mesopotâmia (hoje, Iraque) para encontrar uma esposa para seu filho, Isaac. Eliezer soube que havia encontrado a menina certa quando Rebecca generosamente ofereceu água aos seus camelos. Rebecca tornou-se esposa de Isaac e o casal teve dois filhos: Jacob e Esaú. Esaú era o primogênito, mas vendeu a sua primogenitura ao seu irmão. Foi Jacob que recebeu as bênçãos de seu pai e se tornou o terceiro e último patriarca do povo judeu.

Veja mais...

CURIOSIDADES

No casamento judaico o rosto da noiva é coberto por um véu. Este costume vem desde o período dos patriarcas. Em Gênesis é contado que quando Rebeca viu pela primeira vez Isaac, ela se cobriu com um véu. A partir de então se tornou uma tradição a noiva cobrir seu rosto com um véu antes da cerimônia de casamento. Este ritual é chamado badeken - cobertura. Porém, como Jacob foi enganado e se casou com Leah acreditando que era Rachel - pois seu rosto estava coberto por um pesado véu - tornou-se um costume, para prevenir erros deste tipo, o noivo colocar o véu na noiva. Desta forma ele poderá ver o rosto de sua futura esposa e se certificar de que é a mulher que ele escolheu de fato.

Veja mais...

HOJE NA HISTÓRIA

15/02/1870

É fundada a Mikveh Israel, a primeira escola de agricultura de Israel. Charlest Netter, líder da Alliance Israelite Universelle, fundou a escola com o apoio da associação anglo-judaica e do Barão Edmond de Rothschild.

15/02/1798

Após a ocupação de Roma pelo general Berthier (das tropas de Napoleão), os republicanos destronam o Papa. Os judeus têm a permissão de remover o distintivo amarelo que eram forçados a usar. Dois dias depois, uma ‘árvore de liberdade’ é plantada em frente à sinagoga.

Veja mais...

BRASIL

O Coral Israelita Brasileiro convida para o Concerto Comemorativo dos seus 64 anos.

O Coral Israelita Brasileiro convida para o Concerto Comemorativo dos seus 64 anos de existência, no dia 16/12/2018, às 18:00, no CIB.

Veja mais...