Morashá

BIOGRAFIAS


Lloyd Blankfein e o Sonho Americano

Lloyd Blankfein e o Sonho Americano

Ao falar aos formandos de 2013 do LaGuardia College, Lloyd Blankfein perguntou-lhes “Quais as chances de um garoto dos conjuntos habitacionais de moradias populares do Brooklyn dirigir uma das maiores instituições financeiras do mundo” – E ele mesmo respondeu: “Nunca se sabe. Essa imprevisibilidade é o que a vida tem de bom!” 

Edição 89 - Setembro de 2015

Uma "mãe judia" à frente da maior economia do planeta

Uma "mãe judia" à frente da maior economia do planeta

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, escolheu para dirigir o principal banco central do planeta uma mãe judia.

Edição 82 - Dezembro de 2013

Grão Rabino Elio Toaff

Grão Rabino Elio Toaff

Uma  das principais figuras do judaísmo italiano, o Rabino Elio Toaff foi, durante  cinco décadas, Rabino-Chefe da comunidade judaica de Roma. ajudou a reerguer o  espírito abatido dos judeus italianos, após o Holocausto, e trabalhou  assiduamente para promover o diálogo entre judeus e cristãos.

Edição 88 - Junho de 2015

Patrick Modiano recebe o Nobel de Literatura de 2014

Patrick Modiano recebe o Nobel de Literatura de 2014

Poucos escritores europeus da atualidade têm sido mais assombrados pela história da França durante a 2ª Guerra Mundial - e principalmente a dos judeus que viviam no país - do que o escritor francês Patrick Modiano. Aos 69 anos, ele é o 15º francês a ganhar o Nobel de Literatura.

Edição 86 - Dezembro de 2014

Ron Dermer

Ron Dermer

Assessor mais influente de Binyamin Netanyahu, Ron Dermer ocupa desde o ano passado o posto de Embaixador de Israel em Washington. Jovem, carismático e articulado, seu rosto tem aparecido cada vez com mais frequência nas emissoras de televisão, pois ele tem combatido incansavelmente as críticas contra Israel na mídia e defendido seu país no Capitólio.

Edição 85 - Setembro de 2014

Reuven Feuerstein, além dos limites da mente

Reuven Feuerstein, além dos limites da mente

“Imagine um método além de limites, que melhora o aprendizado das crianças pequenas com Síndrome de Down e dos superdotados e de qualquer indivíduo entre estes padrões; que abre as portas das universidades para estudantes menos privilegiados e pode, também, evitar demência nos idosos. pois Este é o Método Feuerstein”.

Edição 84 - Julho de 2014