Morashá

Curiosidades


CHABAD (Lubavitch), um dos maiores movimentos judaicos, é um acrônimo das palavras “Chochma” (Sabedoria), “Binah”(Compreensão) e “Daat” (Conhecimento). Este acrônimo simboliza a filosofia intelectual do movimento chassídico Chabad-Lubavitch.


Portugal "descobriu" e ocupou o Brasil no ano de 1500. Já em 1502 havia vários cristãos-novos que possuíam plantações de cana-de-açúcar no Brasil. Alguns deles praticavam o judaísmo, mas apenas secretamente, pois temiam que Portugal, que era um país católico, trouxesse a Inquisição ao Brasil.


Ao final da década de 1960, havia 29 sinagogas na Índia, a maioria delas em Bombaim. Hoje o número de sinagogas no país caiu para 18. A sinagoga Paradesi (“estrangeiros”), localizada na cidade de Cochin, é uma importante atração turística da Índia.


Os judeus que viviam sob domínio muçulmano adotaram costumes dos países onde viviam. Essa grande comunidade judaica foi originada na Babilônia (Iraque) e, posteriormente, emigrou para a Espanha, onde se estabeleceu. Na língua hebraica, a Espanha é chamada de “Sefarad”. Portanto, a cultura judaica que foi desenvolvida no mundo muçulmano é chamada de “Sefaradi”.


A Anti-Defamation League, fundada em 1913, é uma importante e renomada organização mundial que luta contra o anti-semitismo. Os programas e atividades da Anti-Defamation League têm o propósito de combater o ódio e o preconceito.


O Primeiro Congresso Sionista não ocorreu em Israel, nem na Europa Oriental ou nos Estados Unidos. Foi na Basiléia, Suíça, organizado por Theodor Herzl, considerado “pai do sionismo moderno”.


Os tzares tratavam os judeus de forma tão abominável, que muitos destes foram líderes da Revolução Bolshevique de 1917. Os judeus da Rússia fundaram e participaram de muitas organizações socialistas. Um dos mais importantes conselheiros de Lênin era judeu. Porém, com o passar do tempo, os comunistas russos se voltaram contra os judeus, proibindo a prática do judaísmo e promovendo o anti-semitismo.


O nome do filho de Avraham e Sarah, Isaac, deriva da palavra hebraica "yitzhak"’, que significa "ele rirá". Isaac recebeu esse nome porque sua mãe, Sarah, riu quando D’us prometeu que ela teria um filho, apesar de sua idade avançada. O nome Isaac também refletiu a alegria de Abraão por ter um filho com sua esposa Sarah que, até então, não conseguira engravidar.