Morashá

Curiosidades


O primeiro Rabino-Chefe de Israel, que assumiu a liderança em 1921, foi o Rabi Avraham Isaac Kook. Na época, ele era criticado por judeus anti-sionistas, mas é hoje lembrado com muito carinho e respeito por praticamente todas as comunidades judaicas.


Quarta-feira é Yom HaZikaron – o Dia da Recordação. Neste dia, Israel recorda e honra a memória dos soldados israelenses que, desde a fundação do Estado, sacrificaram suas vidas para defendê-lo.


No casamento judaico o rosto da noiva é coberto por um véu. Este costume vem desde o período dos patriarcas. Em Gênesis é contado que quando Rebeca viu pela primeira vez Isaac, ela se cobriu com um véu. A partir de então se tornou uma tradição a noiva cobrir seu rosto com um véu antes da cerimônia de casamento. Este ritual é chamado badeken - cobertura. Porém, como Jacob foi enganado e se casou com Leah acreditando que era Rachel - pois seu rosto estava coberto por um pesado véu - tornou-se um costume, para prevenir erros deste tipo, o noivo colocar o véu na noiva. Desta forma ele poderá ver o rosto de sua futura esposa e se certificar de que é a mulher que ele escolheu de fato.


Os tzares tratavam os judeus de forma tão abominável, que muitos destes foram líderes da Revolução Bolshevique de 1917. Os judeus da Rússia fundaram e participaram de muitas organizações socialistas. Um dos mais importantes conselheiros de Lênin era judeu. Porém, com o passar do tempo, os comunistas russos se voltaram contra os judeus, proibindo a prática do judaísmo e promovendo o anti-semitismo.


Em 1945, a Alemanha Oriental negou qualquer tipo de responsabilidade nacional pelo Holocausto e se recusou a oferecer reparações para sobreviventes judeus. Foi apenas em 1990 que a Alemanha Oriental admitiu culpa pelo Holocausto. Já a Alemanha Ocidental, a partir de 1951, concordou em compensar judeus pela perda de posses que eles sofreram durante a Segunda Guerra Mundial.


Quem escreveu o Código de Lei Judaica, o Shulchan Aruch, que estabelece e explica a Halachá – as leis da Torá? O Rabi Moshe ben Maimon – o Rambam? Ou Rashi? Não – foi Rabi Josef ben Efraim Karo, um grande rabino sefaradita.


A Torá compara o homem a uma árvore do campo. Nossos Sábios explicam: uma árvore é sustentada por suas raízes como um judeu que é sustentado por sua religião e tradições. Uma boa árvore é uma árvore frutífera; da mesma forma, um bom homem é aquele cheio de frutos – boas ações perante seus semelhantes e seu Criador.


A partir do segundo dia de Pessach, iniciamos a contagem do Omer. Mas o que é o Omer? É uma unidade de medida. Na antiga Israel, os judeus levavam um omer de cevada como oferenda no Templo Sagrado de Jerusalém.