Morashá

CARTA AO LEITOR:
ANO VIII N.30 SETEMBRO 2000

Durante anos, muitos pensavam que para ter sucesso no mundo secular a pessoa deveria procurar dissimular seu judaísmo. Mas, isto foi antes de Joe Lieberman ter sido indicado para vice-presidente na chapa do candidato democrata à presidência dos Estados Unidos.

Judeu ortodoxo moderno, que observa o Shabat, come casher e faz suas orações três vezes ao dia, o candidato norte-americano mudou este perfil. Mais ainda: provou que não só pode-se atingir os mais altos escalões em uma sociedade secular sem renunciar às suas convicções, mas que este foi justamente um dos fatores primordiais que levaram à sua escolha. Com um passado moldado por sua fé, é respeitado por ser sinônimo de ética, uma pessoa para quem as convicções estão acima do "politicamente correto".

Discutem-se as possibilidades da escolha de seu nome levar, ou não, à vitória do candidato democrata. Mas, o mais importante no caso não é o resultado das eleições americanas mas, sim, o fato de sua indicação abrir uma nova era na vida judaica contemporânea.

De fato, é grande o desafio de assumirmos nossas tradições concomitantemente com a integração no mundo secular em que vivemos. No decorrer do século XX, devido em grande parte à perseguição e intolerância criadas pelo anti-semitismo, muitos judeus passaram a acreditar que para sobreviver e conquistar um espaço na sociedade maior teriam que abrir mão de seu judaísmo. Isto levou a diferentes graus de assimilação, cujas tristes conseqüencias bem as conhecemos.

Agora se provou que as portas não se fecham para quem assume sua identidade de forma integral e que o judaísmo é essencial na formação de todo judeu.

Estamos às vésperas das Grandes Festas, que constituem um período de reflexão e instrospecção. Nessa época de renovação interior, de comprometimento com nossos valores milenares, aproveitemos para fazer desabrochar, com ímpeto ainda maior, o nosso judaísmo. Deixemos aparecer em nosso cotidiano toda a riqueza do ensinamento de nossos mestres, praticando os nossos princípios de fé e de esperança em um mundo de paz, de saúde e de tranqüilidade para nós, nossos filhos e nossos irmãos em todas as partes.

Shaná Tová Umevorechet - um ano novo feliz e abençoado!

LEIA A CARTA NA ÍNTEGRA...

CARTA AO LEITOR:
ANO VIII N.30 SETEMBRO 2000

Durante anos, muitos pensavam que para ter sucesso no mundo secular a pessoa deveria procurar dissimular seu judaísmo. Mas, isto foi antes de Joe Lieberman ter sido indicado para vice-presidente na chapa do candidato democrata à presidência dos Estados Unidos.

Judeu ortodoxo moderno, que observa o Shabat, come casher e faz suas orações três vezes ao dia, o candidato norte-americano mudou este perfil. Mais ainda: provou que não só pode-se atingir os mais altos escalões em uma sociedade secular sem renunciar às suas convicções, mas que este foi justamente um dos fatores primordiais que levaram à sua escolha. Com um passado moldado por sua fé, é respeitado por ser sinônimo de ética, uma pessoa para quem as convicções estão acima do "politicamente correto".

Discutem-se as possibilidades da escolha de seu nome levar, ou não, à vitória do candidato democrata. Mas, o mais importante no caso não é o resultado das eleições americanas mas, sim, o fato de sua indicação abrir uma nova era na vida judaica contemporânea.

De fato, é grande o desafio de assumirmos nossas tradições concomitantemente com a integração no mundo secular em que vivemos. No decorrer do século XX, devido em grande parte à perseguição e intolerância criadas pelo anti-semitismo, muitos judeus passaram a acreditar que para sobreviver e conquistar um espaço na sociedade maior teriam que abrir mão de seu judaísmo. Isto levou a diferentes graus de assimilação, cujas tristes conseqüencias bem as conhecemos.

Agora se provou que as portas não se fecham para quem assume sua identidade de forma integral e que o judaísmo é essencial na formação de todo judeu.

Estamos às vésperas das Grandes Festas, que constituem um período de reflexão e instrospecção. Nessa época de renovação interior, de comprometimento com nossos valores milenares, aproveitemos para fazer desabrochar, com ímpeto ainda maior, o nosso judaísmo. Deixemos aparecer em nosso cotidiano toda a riqueza do ensinamento de nossos mestres, praticando os nossos princípios de fé e de esperança em um mundo de paz, de saúde e de tranqüilidade para nós, nossos filhos e nossos irmãos em todas as partes.

Shaná Tová Umevorechet - um ano novo feliz e abençoado!


ANTISSEMITISMO

O POLÊMICO PIO IX

No início de seu papado, Pio IX demonstrara uma certa tolerância em relação aos judeus, abolindo por algum tempo o gueto de Roma, o último que ainda existia na Europa . No entanto os judeus romanos foram forçados a retornar ao gueto.

Edição 30 - Setembro de 2000

ANTISSEMITISMO

NOVAS ROUPAGENS DE ANTIGAS IDEOLOGIAS

NOVAS ROUPAGENS DE ANTIGAS IDEOLOGIAS

O nazismo morreu? E o fascismo? São doenças que vão e voltam, como certas pragas que merecem a nossa vigilância permanente.

Edição 30 - Setembro de 2000

ISRAEL HOJE

JERUSALÉM PERTENCE A TODOS

JERUSALÉM PERTENCE A TODOS

A todos que praticam a fé monoteísta, sejam judeus, católicos ou muçulmanos, a cidade de Jerusalém, lembrada e cantada como sagrada, eterna, de ouro e da paz, é um dos maiores e mais antigos tesouros da religiosidade, tendo sido palco dos mais importantes eventos para estas religiões.

Edição 30 - Setembro de 2000

ISRAEL HOJE

SIONISMO HIGH-TECH

SIONISMO HIGH-TECH

Será que o sionismo acabou, com a criação e consolidação do Estado de Israel ou apenas transformou-se e procura adaptar-se às mudanças dos tempos modernos? A imigração não cessa, trazendo indivíduos com perfil diferenciado dos pioneiros do passado, mas com o mesmo ideal. Talvez tenha mudado apenas a maneira de realizá-lo.

Edição 30 - Setembro de 2000

HOLOCAUSTO

A TRAGÉDIA DE STRUMA

A TRAGÉDIA DE STRUMA

Centenas de judeus que conseguiram fugir da Europa durante a Segunda Guerra Mundial encontraram a morte nas águas próximas ao seu único refúgio - a Eretz Israel - por causa da política de restrição à imigração judaica imposta pelos britânicos na região.

Edição 30 - Setembro de 2000

COMUNIDADES DA DIÁSPORA

OS JUDEUS DO ORIENTE MÉDIO

OS JUDEUS DO ORIENTE MÉDIO

A presença dos judeus no Oriente Médio data dos "tempos bíblicos", aproximadamente 2000 anos antes da era comum. Segundo o estudioso francês Jules Isaac, parte representativa do povo judeu já se havia transferido do núcleo formador em Canaã para outr

Edição 30 - Setembro de 2000

COMUNIDADES DA DIÁSPORA

GOLEM DE PRAGA

GOLEM DE PRAGA

A antiga lenda do Golem ainda provoca curiosidade e controvérsia. Continua atraindo e despertando a imaginação dos milhares de turistas que visitam Praga anualmente.

Edição 30 - Setembro de 2000

COMUNIDADES DA DIÁSPORA

OS JUDEUS DA ÁFRICA DO SUL

OS JUDEUS DA ÁFRICA DO SUL

O judaísmo continua forte e vibrante na África do Sul. Grande parte da comunidade sente-se profundamente enraizada e participante do processo de desenvolvimento da democracia no país. É uma população culta que desempenha um papel fundamental para a vida econômica local. Como a maioria da população sul-africana.

Edição 30 - Setembro de 2000

SUCOT

A FESTA DA ALEGRIA

A FESTA DA ALEGRIA

A Torá refere-se a Sucot como 'a época de nossa alegria' pois, além de ser uma das festas judaicas mais alegres, compensa a solenidade e a gravidade dos dias que vão de Rosh Hashaná a Yom Kipur.

Edição 30 - Setembro de 2000

YOM KIPUR

YOM KIPUR, O DIA DO PERDÃO

YOM KIPUR, O DIA DO PERDÃO

... Aos dez dias deste sétimo mês é o dia das expiações; convocação de santidade será para vós, e afligireis suas almas (através do jejum)... ( Lev. 23).

Edição 30 - Setembro de 2000

VARIEDADES

CINCO MIL ANOS DE TRADIÇÕES

CINCO MIL ANOS DE TRADIÇÕES

Quem disse que tradição e tecnologia são incompatíveis? Mais de cinco mil anos de história e tradições através de um simples clique do mouse de seu computador!

Edição 30 - Setembro de 2000

BRASIL

COMO VIEMOS PARAR NA AMAZÔNIA

COMO VIEMOS PARAR NA AMAZÔNIA

Parece incrível que pelo meio do século XIX meu bisavô materno fosse proprietário de canaviais situados na grande Ilha de Marajó, no norte do Brasil.

Edição 30 - Setembro de 2000

LEIS, COSTUMES E TRADIÇÕES

UM PORTAL PARA O INFINITO

UM PORTAL PARA O INFINITO

Foto Ilustrativa

Edição 30 - Setembro de 2000

MISTICISMO

O JUDAÍSMO E OS SIGNOS DO ZODÍACO

O JUDAÍSMO E OS SIGNOS DO ZODÍACO

Segundo a Torá é totalmente proibido consultar astrólogos ou horóscopo; entretanto, o Talmud nos diz que astros e planetas oferecem influência sobre criaturas e que o astro (mazal) pode tornar a pessoa mais rica e mais sábia.

Edição 30 - Setembro de 2000

SABEDORIA JUDAICA

A HUMILDADE

A HUMILDADE

O Talmud afirma que o simples fato de o povo de Israel perceber a necessidade de se sentir humilde em Rosh Hashaná, faz com que o ano seja muito farto e abençoado. É vital o sentimento de humildade e reverência durante as orações de Rosh Hashaná.

Edição 30 - Setembro de 2000

JUDAISMO NO MUNDO

O JUDEU-ÁRABE

O JUDEU-ÁRABE

O hebraico sempre influenciou a sua cultura, dando origem a vários outros idiomas que mesclavam os sons de seu novo lar com sua língua milenar. Assim nasceu o ladino, na Espanha cristã, o ídiche, na Europa do Leste, e o judeu-árabe, no rastro das conquistas islâmicas dos séculos VII e VIII que fizeram do árabe a língua-mãe de diversas nações.

Edição 30 - Setembro de 2000

JUDAISMO NO MUNDO

LIEBERMAN

LIEBERMAN

Ele telefona diariamente para sua mãe. Aos 58 anos, consulta ainda o rabino que fez o seu bar-mitzvá. E quando participa de votações no Senado norte-americano aos sábados, conta com um privilégio especial: é o único que pode votar erguendo o braço, em vez de fazê-lo eletronicamente. Assim, ele respeita regras do Shabat.

Edição 30 - Setembro de 2000

CIÊNCIAS

MAPEAMENTO DO CÓDIGO GENÉTICO

MAPEAMENTO DO CÓDIGO GENÉTICO

Projeto Genoma Humano, representa um marco histórico fundamental para a humanidade. O computador nos introduziu à era da informação. A aplicação da informática nas ciências biológicas e na medicina tem causado uma verdadeira revolução.

Edição 30 - Setembro de 2000

CIÊNCIAS

GENÉTICA E JUDAÍSMO

GENÉTICA E JUDAÍSMO

Estudos recentes no campo da genética confirmaram que os judeus de várias comunidades da Diáspora preservaram sua identidade genética durante o exílio. Apesar da separação geográfica durante quase dois mil anos, as comunidades judaicas distantes compartilham um perfil genético quase idêntico.

Edição 30 - Setembro de 2000

PROFETAS E SÁBIOS

RABI BACHYA JOSEPH IBN PAQUDA

RABI BACHYA JOSEPH IBN PAQUDA

Rabi Bachya Bar Joseph Ibn Paquda, autor da famosa obra Deveres do Coração, Chovot Halevavot, foi um dos mais conhecidos filósofos religiosos da Espanha andaluza. Para ele, o judaísmo baseava-se em uma verdade espiritual fundamentada na razão tanto quanto na revelação e tradição.

Edição 30 - Setembro de 2000