Morashá
CENTRO MORASHÁ DA MEMÓRIA Foto Ilustrativa

CENTRO MORASHÁ DA MEMÓRIA

O Instituto Morashá de Cultura tem como uma das prioridades para 2003 a implantação de um Centro da Memória, o mais precioso tesouro que qualquer instituição pode legar para as futuras gerações.

Edição 39 - Dezembro de 2002


São iniciativas dessa natureza que permitem, já no presente, que tenhamos acesso às experiências de vida de nossos antepassados, guardando-as com carinho como lições para o futuro.

No tocante ao povo judeu, é imperioso haver registros capazes de abranger sua diversidade de origens, o que conduz a uma fascinante variedade de culturas, artes, tradições e liturgias.

O Centro da Memória do Instituto Morashá de Cultura pretende reunir em seu acervo depoimentos gravados em vídeo pela geração dos imigrantes que vieram fazer sua vida, com suas famílias, no Brasil, objetos pes-soais trazidos de seus países de origem e, a título de empréstimo, fotografias, cartas, documentos e tudo o mais que possa enriquecer este importante acervo.

Numa primeira etapa, serão focalizadas as comunidades oriundas do Líbano, Síria, Grécia, Turquia e Egito. Posteriormente serão abrangidas comunidades advindas da Itália, Iugoslávia, Bulgária, Espanha, Portugal e o norte da África.

O objetivo do Centro da Memória, além de preservar a história destas comunidades imigrantes no Brasil, é de proporcionar o livre acesso do público através de consultas a seu Banco Virtual. Este projeto é a primeira iniciativa para preservar uma rica e variada história e, futuramente, promover a edição de publicações, bem como a realização de exposições documentais e artísticas, em parceria com instituições no Brasil e no exterior.

Sua participação para o levantamento de fotos, documentos e depoimentos de membros oriundos destas comunidades será de fundamental importância para o êxito do Centro Morashá da Memória.