Morashá

HISTÓRIA JUDAICA MODERNA


O encanto de Veneza

O encanto de Veneza

De uma espantosa beleza, Veneza é uma cidade única, verdadeiro museu a céu aberto. Foi nessa cidade, construída sobre ilhas, que, durante o renascimento, floresceu uma comunidade judaica cosmopolita, das mais importantes da Europa. Apesar de entre Veneza e os judeus as relações sempre terem sido marcadas por relativa tolerância, foi lá que surgiu o primeiro gueto.

Edição 51 - Dezembro de 2005

A Inquisição, os judeus e os árabes

A Inquisição, os judeus e os árabes

Uma das indagações que sempre se fizeram os historiadores foi a nítida diferença com que a Inquisição tratava muçulmanos e judeus. Na verdade, o número de processos por conta de seguidores da religião de Maomé é diminuto e totalmente desproporcional ao do julgamento dos cripto-judeus considerados apóstatas da igreja católica por retornarem à prática judaizante.

Edição 49 - Junho de 2005

Stalin: seu último crime

Stalin: seu último crime

URSS, 1º de março de 1953: Verdadeiro milagre salva os judeus russos. Após ter jantado em companhia de quatro de seus assessores mais próximos, Josef Stalin é, de súbito, acometido de uma hemorragia cerebral e entra em coma.

Edição 43 - Dezembro de 2003

BIROBIDJAN, ENCLAVE JUDAICO NA ANTIGA URSS

BIROBIDJAN, ENCLAVE JUDAICO NA ANTIGA URSS

Durante a década de 1930, Stalin acenou para os judeus com a possibilidade de criar um centro de vida judaica em uma das repúblicas soviéticas. Os anos passaram e a realidade mostrou-se bem diferente.

Edição 29 - Junho de 2000

OS MARRANOS DO ORIENTE

OS MARRANOS DO ORIENTE

O termo marrano aplica-se aos judeus espanhóis e portugueses que tiveram de se converter ao catolicismo, forçados pela Inquisição. Na opinião do historiador Reuven Kashani, pode-se também utilizá-lo para os membros da comunidade judaica que vivia na

Edição 28 - Abril de 2000