Morashá

TU BISHVAT


Tu B'Shvat e as Sete Espécies

Tu B'Shvat e as Sete Espécies

“Porque o Eterno, teu D’us te traz a uma boa terra...
terra de trigo e cevada, de figueira e de romeira;
terra de oliveira que dá azeite, e de tamareira”
(Deuteronômio 8:7-9)

Edição 98 - Dezembro de 2017

Tu b'Shvat: O Homem é a árvore do campo

Tu b'Shvat: O Homem é a árvore do campo

“Como os dias de uma a?rvore sera?o os de meu povo” (Isai?as, 65:22)

Edição 82 - Dezembro de 2013

Tu BiShvat e a Terra de Israel

Tu BiShvat e a Terra de Israel

Tu biShvat, o 15o dia do mês hebraico de Shvat, 30 de janeiro de 2010, é o ano novo das árvores. Como ensina o Talmud, é um dos quatro Rosh Hashanás - inícios de ano existentes no decorrer de um ano judaico. O conceito de haver mais de um ano novo não deveria intrigar-nos; pois, no calendário secular, o ano fiscal e o ano escolar não se iniciam em 1º de janeiro, como o ano novo.

Edição 66 - Dezembro de 2009

TU BISHVAT

TU BISHVAT

Por que nossa tradição judaica conservou no nosso calendário a festa de Tu Bishvat, também designada por “Rosh Hashaná das árvores”? Nossos mestres nos respondem que o que faz a importância desta data é sobretudo o exemplo que a árvore nos inspira.