Morashá

CHANUCÁ


Oito considerações para os oito dias de Chanucá

Oito considerações para os oito dias de Chanucá

Há 22 séculos, quando a Terra de Israel estava sob ocupação do Império sírio-grego, o Rei Antíoco IV emitiu uma série de decretos malignos para subjugar e humilhar o Povo Judeu, visando A forçá-lo a abandonar o Judaísmo e A abraçar o helenismo. Antíoco proibiu o estudo da Torá e o cumprimento de muitos de seus mandamentos, e ergueu uma estátua de uma divindade grega no Templo Sagrado de Jerusalém.

Edição 98 - Dezembro de 2017

As Luzes de Chanucá

As Luzes de Chanucá

Aproximadamente há 2.100 anos, a Terra de Israel estava  ocupada pelo império sírio-grego, governado por Antioco. Homem do mal, ele  emitiu uma série de decretos com o propósito de forçar o Povo Judeu a abandonar  o judaísmo e a adotar a ideologia e os rituais helenistas. Dentre seus esforços  para extirpar o judaísmo, ele declarou ilegal o estudo da Torá e o cumprimento  de vários de seus principais mandamentos. Ademais, os sírio-gregos profanaram o  Tempo Sagrado de Jerusalém com seus ídolos.

Edição 94 - Dezembro de 2016

Chanucá e a Pureza da Sabedoria

Chanucá e a Pureza da Sabedoria

Chanucá, a festividade de oito dias que celebra eventos ocorridos há mais de 2.200 anos, e que se inicia na noite de 25 de Kislev (este ano, após o anoitecer do dia 6 de dezembro), celebra um grande milagre na história judaica.

Edição 90 - Dezembro de 2015

Milagres Divinos e Triunfos Humanos

Milagres Divinos e Triunfos Humanos

“Quando o reinado perverso da Grécia se levantou contra Teu povo Israel para fazê-los esquecer Tua Torá e forçá-los  a transgredir os decretos de Tua vontade; e Tu, em Tua abundante misericórdia, Te ergueste por eles na hora de tribulação, Tu lutaste seu combate, Tu julgaste sua causa, Tu vingaste sua vingança, Tu entregaste os fortes nas mãos dos fracos...” (Trecho da benção de “Al Hanissim” recitada em Chanucá)

Edição 86 - Dezembro de 2014

Celebrando Chanucá

Celebrando Chanucá

Ano após ano, à época de Chanucá, as luzes são acesas em todos os lares judaicos para celebrar os acontecimentos daqueles dias, com cânticos de louvor a D'us. assim, os caminhos de Israel são iluminados pela mensagem eterna: "a luz espiritual de Israel nunca será apagada".

Edição 86 - Dezembro de 2014

Chanucá e a Divindade da Torá

Chanucá e a Divindade da Torá

A festa de Chanucá celebra um triunfo militar do povo judeu sobre as forças sírio-gregas que ocupavam a terra de Israel. Aparentemente, o conflito entre as duas nações era desnecessário.

Edição 82 - Dezembro de 2013